Clicky

cursos Mestrado em Análise Geoambiental


Linhas de Pesquisa

Áreas de Concentração: ANÁLISE AMBIENTAL INTEGRADA
 
Para uma Análise Ambiental Integrada é importante que haja o desenvolvimento e a aplicação de métodos e análises voltados para o estudo de sistemas naturais e antropogênicos atuais, com o objetivo de fornecer importantes subsídios aos planejamentos territoriais e urbanos, às políticas públicas, aos programas de recuperação de áreas degradadas e à preservação ambiental, sob a égide do desenvolvimento sustentável.
Os sistemas correspondem às unidades territoriais de análise, as quais incluem municípios, bacias hidrográficas, unidades de conservação, paisagens naturais e ou aquelas modificadas por ação humana, dentre outras. Nestas unidades territoriais as temáticas envolvidas são multidisciplinares e englobam diversos aspectos ambientais dos quais destacam-se: degradação, saúde, educação, legislação e serviços ecossistêmicos.
 
Linhas de Pesquisa
 
1. Análise e Diagnóstico ambiental
Esta linha de pesquisa corresponde em analisar e diagnosticar o ambiente. Dentre os diversos temas que ela abrange, o levantamento de informações ambientais para a Gestão Territorial é uma atividade relevante, que tem aplicação nas áreas de gestão e planejamento territorial e abrange os meios físico, biótico e antrópico. O diagnóstico ambiental é realizado através de metodologias que integram a informação obtida nos três meios analisados (físico, biótico e antrópico). Nesta linha de pesquisa, também são contemplados os serviços ecossistêmicos e/ou serviços ambientais, que se referem aos benefícios que o homem recebe indireta ou diretamente da natureza, através do complexo sistema que rege a troca de energia e matéria entre os agentes que compõem os ecossistemas.
 
2. Desenvolvimento Socioambiental
Esta linha de pesquisa analisa o desenvolvimento da sociedade e sua relação com o meio ambiente, avaliando as ações antrópicas, tanto negativas quanto positivas sobre o ambiente, através da análise das variações da disponibilidade dos recursos naturais e seus serviços ecossistêmicos. Esta avaliação se dá através de ferramentas e análises multidisciplinares, a saber:  técnicas de Geoprocessamento, Direito Ambiental, Educação Ambiental e Indicadores socioambientais.